Mercado Municipal de São João da Madeira vai entrar em obras. Empreitada custa mais de 1,3 milhões de euros. Câmara explica mudanças aos comerciantes

pub

A autarquia de São João da Madeira adjudicou, na última reunião de câmara, a empreitada de reabilitação do edifício do Mercado Municipal da cidade. A câmara promoveu reunião de trabalho com projetistas e comerciantes, para apresentação da empreitada.

Trata-se de um investimento superior a 1,3 milhões de euros que tem como objetivo requalificar e modernizar o Mercado Municipal, enquanto importante unidade comercial do concelho e ponto de referência dos consumidores.

Com este investimento, a autarquia pretende promover uma maior dinamização junto dos atuais operadores e retalhistas de produtos alimentares, ao mesmo tempo que visa a captação de novos operadores com outros tipos de comércio, produtos e serviços.

Localizado na Avenida Dr Renato Araújo, uma das principais artérias da cidade, o edifício do Mercado Municipal de São João da Madeira distribui-se por três pisos, apresentando uma área de cerca de 6.100 metros quadrados.

Esta obra vai intervir estruturalmente neste equipamento, quer ao nível da organização dos espaços destinados ao comércio de produtos e serviços, quer ao nível da criação de uma nova imagem promocional para o mercado, para tornar mais apelativo aquele espaço.

O prazo para execução desta empreitada é de 365 dias e está adjudicada à empresa Pemi – Construção e Engenharia.

Reunião com comerciantes

No âmbito desta requalificação e na sequência da adjudicação da obra, a autarquia convidou os comerciantes para uma reunião de trabalho, durante a qual foi apresentado o projeto da requalificação do Mercado Municipal nas suas várias dimensões.

Numa sessão bastante concorrida, os comerciantes que desenvolvem a atividade no mercado tiveram a oportunidade de colocar questões aos responsáveis pelo projeto e tirar dúvidas quanto às mudanças que vão ser introduzidas ao funcionamento do mercado.

Entre diversas questões apresentadas, ficaram a saber que espaço destinado aos animais vai ser isolado das restantes bancas de venda de produtos e que o comércio de carnes e peixes frescos também terá um espaço concentrado e adaptado às especificidades destes negócio.


Palavras-chave: ,

- Março 27, 2019

Relacionados

Circuito de arte urbana do Hat Weekend lançado a 9 de abril

O festival do chapéu de São João da Madeira já mexe e a 9 de abril há uma conversa com artista Andrés Lozano. Em julho, o Hat Weekend – Festival do Chapéu regressa a São João da Madeira para celebrar novamente o chapéu e a tradição da indústria chapeleira da região, numa organização da câmara municipal, com […]

Festival de cerveja artesanal regressa à Oliva Creative Factory. São mais de 120 estilos, clássicos e atuais, irreverentes e experimentais

O Oliva Beer Mind, festival internacional de cerveja artesanal, está de regresso a São João da Madeira. Na terceira edição, o festival coloca a região no epicentro da cultura produtiva deste setor nacional. O evento abre ao público nesta sexta-feira, 29 de março, pelas 18h00, nas instalações da Oliva Creative Factory, onde prossegue no sábado (das […]

Mercadinho Sustentável no domingo com frutas, plantas, flores e bolos

A Praça Luís Ribeiro, em São João da Madeira, recebe mais uma edição do Mercadinho Sustentável. Este evento marcado para domingo, 31 de março, ao longo do dia, encerra a Semana da Terra promovida pela câmara municipal e conta, mais uma vez, com o envolvimento de numerosas associações, escolas e outras instituições da cidade. No […]