Política

Escola de Fajões precisa de obras

pub

A deputada do PSD Helga Correia exige do Governo a concretização, “com urgência”, da reabilitação da Escola Básica e Secundária de Fajões, no concelho de Oliveira de Azeméis. Um projeto de resolução esta quinta-feira entregue na Assembleia da República refere-se ao estabelecimento de ensino como apresentando condições “verdadeiramente inaceitáveis”.

“O Grupo Parlamentar do PSD entende que as condições disponibilizadas à comunidade educativa são verdadeiramente inaceitáveis, porquanto a cobertura de alguns blocos ainda inclui amianto, as salas de aulas apresentam infiltrações que põem em causa a instalação elétrica, o pavilhão gimnodesportivo é impraticável em dias de chuva, entre outras patologias”, lê-se no projeto de resolução, no qual é referido que “as turmas que funcionam em salas modulares têm melhores condições do que as demais”.

Apesar das “dificuldades impostas pelas deficientes condições físicas”, Helga Correia sublinha, num documento subscrito pelos demais deputados do PSD eleitos pelo círculo de Aveiro, “o sucesso e qualidade do projeto educativo ali desenvolvido, fruto da resiliência e empenho da comunidade educativa”, verificado em recente visita efetuada ao estabelecimento de ensino.

No documento agora entregue na Assembleia da República, os parlamentares social-democratas recordam o processo iniciado em 2015, quando o Município de Oliveira de Azeméis assinou o contrato interadministrativo de delegação de competências e a Área Metropolitana do Porto e das comunidades intermunicipais da região do norte elaborou um documento com a participação da DGEsTE – Ministério da Educação e Ciência, onde a EBS de Fajões estava inscrita com a verba de um milhão e meio de euros.

“O projeto de requalificação da escola só foi concluído em 2017, após o que, diagnosticadas as fragilidades do edifício, que aumentam a cada dia que passa, se concluiu que a verba inicialmente programada não seria suficiente para a requalificação total da escola”, notam os deputados do PSD no texto do projeto de resolução, no qual sustentam que “a preocupação demonstrada pelo GP-PSD é partilhada pela comunidade escolar, preocupações que foram comunicadas através de carta dirigida ao ministro da Educação, e que dizem respeito ao tempo perdido na reprogramação da obra ao abrigo de um novo quadro comunitário, bem como a perda da verba de 1,5 milhões inicialmente consignados, essenciais à resolução dos problemas imediatos do estabelecimento de ensino”.

O projeto de resolução recomenda ao governo que “concretize com urgência a reabilitação da Escola Básica e Secundária de Fajões, atendendo ao estado avançado de degradação de forma a dotá-la com as condições de segurança, conforto e dignidade a que esta comunidade educativa tem direito”.

A Escola Básica e Secundária de Fajões é sede de agrupamento que abrange a região nordeste do concelho de Oliveira de Azeméis, que acolhe também alunos dos concelhos vizinhos de São João da Madeira, Santa Maria da Feira e de Arouca. Tem inscritos mais de 500 alunos, a esmagadora maioria dos quais faz as suas refeições diariamente na cantina.

 


Política - Fevereiro 28, 2019

Relacionados