Adolfo Luxúria Canibal, António Chaínho, André Gago, São José Lapa na próxima edição do Poesia à Mesa, em São João da Madeira

pub

O Festival Poesia à Mesa está preparado para percorrer a cidade de São João da Madeira. O programa completo do evento é apresentado na segunda-feira, 25 de fevereiro, e a iniciativa arranca a 1 de março.

A Lisbon Poetry Orchestra abre o programa da 17.ª edição da Poesia à Mesa, um festival de homenagem a autores de língua portuguesa que decorre, de 1 de março a 5 de abril, em São João da Madeira.

Ao longo do evento, figuras públicas como o jornalista Nicolau Santos, o músico Adolfo Luxúria Canibal e a atriz São José Lapa dão voz às palavras dos poetas, juntando-se a grupos de declamadores locais.

Quanto ao espetáculo de abertura, agendado para 1 de março, às 22h00, a Lisbon Poetry Orchestra convida outros artistas, das mais variadas áreas, para celebrar e interpretar poesia, numa viagem verdadeiramente única, à descoberta e reinvenção da palavra dita, que terá como palco a Casa da Criatividade.

Outro momento que vai marcar a edição deste ano da Poesia à Mesa acontece a 16 de março, as 22h00, no auditório dos Paços da Cultura. Trata-se de “Poesia & Jazz”, uma experiência que se traduz em poesia dita pelo jornalista Nicolau Santos sobre uma base musical de ambiente jazzístico da responsabilidade do Quarteto de Manuel Lourenço e da voz de Cláudia Franco.

Dois pontos altos em cada edição deste evento são a Peregrinação e o Serão Poético, sempre em duas noites consecutivas. Este ano, o primeiro desses momentos decorre 22 de março, tendo como ponto de partida a Biblioteca Municipal, e contando com a presença do carismático Adolfo Luxúria Canibal, vocalista e fundador da banda Mão Morta.

A 23 de março, o segundo desses momentos de referência vai ter lugar na Casa da Criatividade, reunindo dois ícones da cultura nacional: a atriz e encenadora São José Lapa e o guitarrista e compositor, Mestre António Chaínho. Num Serão Poético desprovido de formalidades e conduzido pelo poeta José Fanha e pelo performer Paulo Condessa, a música e a poesia ganham forma na pureza do dedilhado do embaixador da guitarra e na emoção das palavras de uma grande senhora dos palcos.

Na apresentação da Poesia à Mesa 2019, que acontece na próxima segunda-feira, 25 de fevereiro, às 16h30, nos Paços da Cultura, serão reveladas todas as novidades deste ano, nomeadamente quais os seis poetas homenageados nesta edição e como as suas palavras irão ao encontro das pessoas em diferentes locais da cidade.

Foto: Lisbon Poetry Orchestra


Palavras-chave: , , , ,

- Fevereiro 20, 2019

Relacionados

Circuito de arte urbana do Hat Weekend lançado a 9 de abril

O festival do chapéu de São João da Madeira já mexe e a 9 de abril há uma conversa com artista Andrés Lozano. Em julho, o Hat Weekend – Festival do Chapéu regressa a São João da Madeira para celebrar novamente o chapéu e a tradição da indústria chapeleira da região, numa organização da câmara municipal, com […]

Festival de cerveja artesanal regressa à Oliva Creative Factory. São mais de 120 estilos, clássicos e atuais, irreverentes e experimentais

O Oliva Beer Mind, festival internacional de cerveja artesanal, está de regresso a São João da Madeira. Na terceira edição, o festival coloca a região no epicentro da cultura produtiva deste setor nacional. O evento abre ao público nesta sexta-feira, 29 de março, pelas 18h00, nas instalações da Oliva Creative Factory, onde prossegue no sábado (das […]

Mercado Municipal de São João da Madeira vai entrar em obras. Empreitada custa mais de 1,3 milhões de euros. Câmara explica mudanças aos comerciantes

A autarquia de São João da Madeira adjudicou, na última reunião de câmara, a empreitada de reabilitação do edifício do Mercado Municipal da cidade. A câmara promoveu reunião de trabalho com projetistas e comerciantes, para apresentação da empreitada. Trata-se de um investimento superior a 1,3 milhões de euros que tem como objetivo requalificar e modernizar […]