Política

BE diz que acordo é “um insulto”

pub

O BE, que já apresentou uma participação no Ministério Público contra o contrato entre a Câmara de Santa Maria da Feira e empresa P. Parques, contesta o acordo extrajudicial que foi aprovado na última reunião de câmara. A dívida da concessionária do estacionamento ronda os 849 mil euros por mais de oito anos de incumprimento. O BE volta a exigir, em comunicado, que a câmara feirense “deixe de proteger uma empresa que privada que há oito anos não paga o que deve ao Município” e insiste que se termine com o contrato de concessão.

“Agora, passados oito anos de conivência com os interesses de uma empresa privada, o executivo PSD opta por fazer um acordo relativamente a uma dívida de quase um milhão de euros, aceitando receber apenas 295 mil euros. Este perdão astronómico é um verdadeiro presente a uma empresa que, para além de devedora e incumpridora das suas obrigações, em nada serve a população do concelho de Santa Maria da Feira”, refere em comunicado, lembrando que o valor em causa podia ser investido em políticas sociais benéficas para o concelho.

O BE refere que câmara pode pôr fim ao contrato de concessão sem qualquer penalização, recuperando uma parte do caderno de encargos que refere que “a falta por parte do concessionário, do pagamento dos valores a liquidar nos termos definidos, subsistindo essa situação por um período superior a 6 (seis) meses, após ter-se o mesmo constituído em mora”. “A redação é clara e não deixa margem para dúvidas. O executivo PSD podia ter posto um fim a este contrato ruinoso há oito anos, porém, decidiu ignorar durante todo este tempo um problema que lesa os feirenses”.

O partido acrescenta que a concessionária continuará a explorar o estacionamento, atitude que, em seu entender, demonstra “desprezo por todos os munícipes que utilizam o estacionamento pago”. “Esta empresa ficou com lucros elevadíssimos devido ao desleixo que é ‘modus operandi’ do PSD no executivo feirense”, refere.

“O Bloco de Esquerda está contra esta solução que só beneficia a empresa e é um claro insulto aos interesses dos munícipes. Na hora de agir, o PSD já mostrou quem defende e de que lado está. Para o Bloco de Esquerda não existem equívocos, na hora de defender os interesses dos feirenses, respondemos à chamada. Nem a P. Parques, nem qualquer outra empresa, devem explorar um único lugar de estacionamento em Santa Maria da Feira. O estacionamento deve ser público e estar à disposição de todas e todos”, sublinha no comunicado.

 


Palavras-chave: , , ,

Política - Janeiro 5, 2019

Relacionados

Imaginarius já tem cartaz. É um cérebro aberto onde cabe muita coisa porque a memória é o tema principal da próxima edição

O Imaginarius – Festival Internacional de Artes de Rua de Santa Maria da Feira, uma referência em Portugal e no estrangeiro, já tem datas marcadas. É entre 23 e 25 de maio que o centro histórico de Santa Maria da Feira se volta a transformar num palco gigante. O cartaz acaba de ser conhecido. A […]

Plástico e lixo nas piscinas de Lourosa para surpreender crianças

Na próxima sexta-feira, dia 22 de março, pelas 10h00, terá lugar, no clube HMC Sports- Piscinas e Ginásios Municipais, de Lourosa, em Santa Maria da Feira, uma ação de sensibilização para os efeitos da poluição dos plásticos nos oceanos e o seu impacto na degradação do ambiente marítimo. Com o mote “A água é vida”, […]

“Sinfoniónico”: Concertos comentados para famílias

Três peças majestosas da história musical serão apresentadas e comentadas no próximo dia 31 de março, às 11h30, no Cineteatro António Lamoso. O evento “Sinfoniónico” é dedicado às famílias e abre o leque da música clássica e dos grandes compositores. O maravilhoso e complexo universo da música sinfónica abrirá as partituras às famílias, no próximo […]