Concelhos

Hospital São Sebastião assinala 20 anos com Prémio Nobel da Medicina

pub

No próximo ano, assinalam-se 20 anos desde que o Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, abriu as suas portas e começou a receber os primeiros doentes. A 4 de janeiro de 1999 entrou em funcionamento com um estatuto jurídico inovador, um modelo de gestão próprio, sendo a primeira experiência de gestão empresarial no conjunto dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde.

Para assinalar os 20 anos, o conselho de administração do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV), considera importante celebrar a data e está a preparar uma grande conferência para 31 de janeiro de 2019. A conferência “The Future of Healthcare” pretende promover a discussão e o debate sobre a humanização na prestação de cuidados de saúde, intercalando painéis de análise e discussão com convidados de relevo nacionais e internacionais, com workshops formativos sobre temas atuais no contexto organizacional. As neurociências ocupam um lugar de destaque nesta iniciativa com conversas sobre o caminho a seguir e quais as decisões a tomar.

Eric Kandel, considerado o neurocientista mais influente do século XX, que em 2000 recebeu o Prémio Nobel da Medicina, será o orador principal. O programa da conferência permite criar uma dinâmica de partilha por todos aqueles que se interessam pelo futuro da saúde em Portugal, promovendo o conhecimento e a ciência.

“Mais do que a abertura de um hospital, o início da actividade do São Sebastião marcou o início de uma era de aplicação dos princípios de gestão empresarial nos hospitais públicos do SNS, iniciando-se assim um caminho que foi aprofundado desde então com grande sucesso. Pretendemos que esta iniciativa seja marcante pela qualidade dos intervenientes e pela pertinência e actualidade dos temas a abordar”, refere Miguel Paiva, presidente do Conselho de Administração do CHEDV. “Numa altura em que o SNS celebra os seus 40 anos, pensar sobre o futuro da saúde passa também por uma reflexão do seu actual modelo, sendo fundamental equilibrar a evolução tecnológica com o desenvolvimento pessoal e profissional dos seus colaboradores”, acrescenta.

 

 


Palavras-chave: , ,

Concelhos - Novembro 24, 2018

Relacionados

Os ritmos do Brasil em mais “Uma Dança por Mês” no cineteatro

As danças urbanas voltam à sala de ensaios do Cineteatro António Lamoso, em mais uma iniciativa “Uma Dança por Mês”, do Ballet Contemporâneo do Norte. Em abril, o país em foco é o Brasil, com o dançarino Renann Fontoura a fazer um “pequeno paralelo entre o hip-hop e o funk”. Integrada no programa €UROTRA$H, a […]

Já cheira a Imaginarius. De um globo gigante, sairão atores, dançarinos, trapezistas e músicos. Memórias de infância em todo o seu esplendor

O próximo Imaginarius dá as boas-vindas ao mundo imaginário. Imaginar um globo gigante de onde exalam atores, dançarinos, trapezistas e músicos, com várias projeções e momentos de pirotecnia. O desafio é entrar no espetáculo repleto de energia. Tudo preparado para a produção “Globe”? O encontro está marcado para os dias 24 e 25 de maio, […]

Mais de 700 bailarinos de todo o mundo competem no Europarque

O Concurso Internacional de Bailado (CIB) do Porto 2019 vai realizar-se entre os dias 4 e 7 de abril, no Europarque, em Santa Maria da Feira. A 9.ª edição do concurso contará com a participação de mais de 700 bailarinos de todo o mundo. O principal objetivo deste concurso é premiar e apoiar jovens bailarinos […]