d'outras

BE apresenta projeto de resolução sobre Secundária de Esmoriz na Assembleia da República

O Bloco de Esquerda apresentou no Parlamento um projeto de resolução onde apela ao Ministério da que acione “todos os mecanismos que tem ao seu dispor para resolver, de imediato, através de uma intervenção de urgência”, os problemas que a Escola Secundária de Esmoriz apresenta e prepare uma intervenção estrutural.

Subscrito pelos deputados Moisés Ferreira, Luís Monteiro e Joana Mortágua o projeto de resolução refere a “notória a falta de segurança e qualidade na escola a diversos níveis: zonas da escola insalubres, espaço desportivo exterior degradado; a inexistência de espaços de trabalho para professores e alunos; inoperância do sistema de combate a incêndios; sistema de canalização danificado e com fugas; localização do quadro elétrico que não cumpre com as regras de segurança”.

O BE salienta ainda “a falta de saídas de emergência para o público, no pavilhão gimnodesportivo” e de barras antipânico nos diversos blocos.

“A qualidade do edificado deteriorou-se, considerando que há paredes com fissuras, pisos inclinados, estruturas metálicas de suporte com corrosão generalizada e em avançado estado de degradação. Devido a infiltrações de águas subterrâneas e aos aterros realizados aquando da construção da escola, os pisos do rés-do-chão de algumas salas, do refeitório e do polivalente abateram”, acrescenta.

O documento faz referência a outras patologias, como a cedência da cobertura dos blocos que origina infiltrações nas salas de aula, agravou o desconforto provocado pelo frio e obrigou à aquisição de aquecedores elétricos, que aumentaram exponencialmente a fatura da energia e problemas no quadro elétrico, além do estado de degradação dos campos desportivos ao ar livre.

Conclui o BE que “a atual situação sentida na Escola Secundária de Esmoriz é incomportável”.


d'outras - Maio 20, 2018

pub

Relacionados

O que se passa na edufeira?

O BE refere que a Câmara de Santa Maria da Feira lançou, no final do ano de 2017, a plataforma edufeira.cm-feira.pt. Uma plataforma que surge através da Editora Lusoinfo Multimédia, financiada pelo Programa Norte 2020, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu. Paralelamente ao desenvolvimento desta plataforma, foram também adquiridos computadores e tablets à empresa JP […]

BE diz que acordo é “um insulto”

O BE, que já apresentou uma participação no Ministério Público contra o contrato entre a Câmara de Santa Maria da Feira e empresa P. Parques, contesta o acordo extrajudicial que foi aprovado na última reunião de câmara. A dívida da concessionária do estacionamento ronda os 849 mil euros por mais de oito anos de incumprimento. O […]

Todos de acordo. Santa Maria da Feira deve voltar a ter 31 freguesias

Aprovada por unanimidade. A moção apresentada pelo BE pela reposição das freguesias extintas do concelho de Santa Maria da Feira foi consensual na última Assembleia Municipal. Antes da reorganização administrativa, o território feirense tinha 31 freguesias, depois das alterações encolheu para 21. “Este foi um processo desastrado e desastroso que importa reverter. É hoje inequívoco […]