GNR apanha 4000 artigos contrafeitos na Feira dos Dez em Lourosa

pub

A GNR de Santa Maria da Feira apreendeu 4000 artigos contrafeitos e constituiu arguidos 11 homens e cinco mulheres, com idades compreendidas entre os 25 e 61 anos, por venda de artigos contrafeitos, em Lourosa. Os 16 arguidos ficaram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial da Santa Maria da Feira.

No âmbito de uma ação de fiscalização realizada na Feira dos Dez, que visou garantir o cumprimento dos Direitos da Propriedade Industrial e combater contrafação, o uso ilegal de marca e a venda de artigos contrafeitos, foram elaborados 26 autos de notícia pelo crime de contrafação, e foram apreendidos vários artigos.

Os militares da GNR apreenderam 1258 pares de sapatilhas, 1070 camisolas, 814 pares de meias, 394 calças, 253 fatos de treino, 101 transferes de estampar, 86 casacos, 13 malas, sete produtos de higiene e beleza, dois óculos de sol, dois polos, um cinto.

Esta operação envolveu 110 militares de diferentes subunidades e valências, nomeadamente do Destacamento Territorial de Santa Maria da Feira, Destacamento de Trânsito de São João da Madeira, Destacamento de Intervenção de Aveiro, Secção de Investigação Criminal do Comando Territorial de Aveiro e do Grupo de Intervenção e Ordem Pública da Unidade de Intervenção.


- Fevereiro 6, 2019

Relacionados