Política

BE diz que acordo é “um insulto”

pub

O BE, que já apresentou uma participação no Ministério Público contra o contrato entre a Câmara de Santa Maria da Feira e empresa P. Parques, contesta o acordo extrajudicial que foi aprovado na última reunião de câmara. A dívida da concessionária do estacionamento ronda os 849 mil euros por mais de oito anos de incumprimento. O BE volta a exigir, em comunicado, que a câmara feirense “deixe de proteger uma empresa que privada que há oito anos não paga o que deve ao Município” e insiste que se termine com o contrato de concessão.

“Agora, passados oito anos de conivência com os interesses de uma empresa privada, o executivo PSD opta por fazer um acordo relativamente a uma dívida de quase um milhão de euros, aceitando receber apenas 295 mil euros. Este perdão astronómico é um verdadeiro presente a uma empresa que, para além de devedora e incumpridora das suas obrigações, em nada serve a população do concelho de Santa Maria da Feira”, refere em comunicado, lembrando que o valor em causa podia ser investido em políticas sociais benéficas para o concelho.

O BE refere que câmara pode pôr fim ao contrato de concessão sem qualquer penalização, recuperando uma parte do caderno de encargos que refere que “a falta por parte do concessionário, do pagamento dos valores a liquidar nos termos definidos, subsistindo essa situação por um período superior a 6 (seis) meses, após ter-se o mesmo constituído em mora”. “A redação é clara e não deixa margem para dúvidas. O executivo PSD podia ter posto um fim a este contrato ruinoso há oito anos, porém, decidiu ignorar durante todo este tempo um problema que lesa os feirenses”.

O partido acrescenta que a concessionária continuará a explorar o estacionamento, atitude que, em seu entender, demonstra “desprezo por todos os munícipes que utilizam o estacionamento pago”. “Esta empresa ficou com lucros elevadíssimos devido ao desleixo que é ‘modus operandi’ do PSD no executivo feirense”, refere.

“O Bloco de Esquerda está contra esta solução que só beneficia a empresa e é um claro insulto aos interesses dos munícipes. Na hora de agir, o PSD já mostrou quem defende e de que lado está. Para o Bloco de Esquerda não existem equívocos, na hora de defender os interesses dos feirenses, respondemos à chamada. Nem a P. Parques, nem qualquer outra empresa, devem explorar um único lugar de estacionamento em Santa Maria da Feira. O estacionamento deve ser público e estar à disposição de todas e todos”, sublinha no comunicado.

 


Palavras-chave: , , ,

Política - Janeiro 5, 2019

Relacionados

Espaço Migrações abre para receber feirenses espalhados pelo Mundo

A Câmara de Santa Maria da Feira inaugura na próxima sexta-feira, dia 18, um novo espaço de acolhimento para os feirenses no Mundo. A cerimónia inaugural do Espaço Migrações terá início às 10h45, na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, e contará com a presença do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Carneiro, […]

Câmara da Feira garante que P. Parques paga toda a dívida. BE pede rejeição do acordo. CDU quer saber onde estão os 33 lugares perdidos

A Câmara de Santa Maria da Feira admite que o contrato de concessão do estacionamento pago à superfície e subterrâneo não foi integralmente cumprido, que teve de recorrer aos tribunais, e que “tem atuado neste processo com o rigor, a idoneidade e a transparência que se exigem para salvaguardar o interesse público”. “Nesse sentido, o […]

Alunos vão aprender a enrolar e cortar a massa da genuína fogaça

Na próxima segunda-feira, o Agrupamento de Produtores de Fogaça da Feira realiza a XIII Mostra de Fabrico de Fogaça na Escola Básica de Milheirós de Poiares. Produtores locais do tradicional pão doce vão revelar aos alunos do 9.º ano do Curso de Educação e Formação de Jovens tipo 2- Pastelaria e Panificação- os “segredos” de […]