Concelhos

Arquiteto Rui Lacerda morre durante peregrinação a Compostela

pub

Rui Lacerda, 64 anos, arquiteto espinhense, morreu de doença súbita esta quinta-feira, numa peregrinação a Santiago de Compostela, em Espanha. Desconhece-se, por enquanto, data e hora do funeral devido ao processo de transferência do corpo de Espanha para Portugal.

Rui Lacerda é autor de edifícios como o Auditório de Espinho, o Casino da cidade, a Escola Secundária Manuel Laranjeira e a Biblioteca José Marmelo e Silva. E co-autor do projeto de requalificação do canal ferroviário da cidade espinhense. Nasceu a 10 de março de 1954, formou-se na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Dirigia o gabinete RDLM Arquitetos Lda., em Espinho. Gabinete fundado pelo seu pai e que agora fica nas mãos da terceira geração da mesma família.

A Câmara de Espinho reage à morte do arquiteto no seu site, onde apresenta uma nota de pesar pelo falecimento. “Esta é uma grande perda para a Espinho, pois para além de um espinhense apaixonado pela cidade, perde-se uma importante figura na área da fotografia e da arquitetura. Rui Lacerda em parceria com o arquiteto espanhol Francisco Mangado terra foi o vencedor do projeto de Requalificação do Canal Ferroviário, e o seu legado ficará para sempre na história da cidade”, sustenta a autarquia que endereça à família enlutada “as mais sinceras condolências neste momento de pesar”.

Foto: Câmara de Espinho


Palavras-chave: ,

Concelhos - Setembro 7, 2018

Relacionados

Moradores e autarcas contestam retirada da Praia de Paramos quando “Etar é primeira casa em risco”

A população da Praia de Paramos, que acorreu em grande número ao centro Multimeios para se esclarecer sobre o Programa da Orla Costeira Caminha-Espinho, que prevê a demolição e o realojamento de uma parte do bairro piscatório não saiu convencida com os esclarecimentos da Agência Portuguesa do Ambiente que acedeu ao desafio lançado pelo presidente […]

Técnicos da APA explicam POC esta segunda-feira em Espinho

A demolição do bairro da Praia de Paramos e outras medidas no âmbito do Programa da Orla Costeira Caminha-Espinho, em fase de consulta pública, voltarão às primeiras linhas da atualidade em Espinho, com a realização, esta segunda-feira, às 21h00, de uma sessão pública de esclarecimento no Centro Multimeios, naquela cidade. A iniciativa é da Câmara […]

Mutualidades Portuguesas aprovam adesão à União Mundial em Espinho

Espinho acolheu este sábado a Assembleia Geral da União das Mutualidades Portuguesas que, entre outras decisões tomadas e assuntos discutidos, aprovou a adesão à União Mundial das Mutualidades, constituída a 5 de junho último em Genebra na Suíça. A associação mutualista A Familiar de Espinho foi a anfitriã desta sessão onde foi anunciada a indigitação […]