12 dias de Viagem Medieval, 67 espetáculos diários, 242 artesãos – de 1 a 12 de agosto

pub

São 12 dias consecutivos a recuar ao passado, a decalcar episódios históricos, a criar conteúdos, a transformar a cidade num intenso palco de momentos marcantes da História de Portugal. A Viagem Medieval em Terra de Santa Maria ocupa o centro histórico de Santa Maria da Feira de 1 a 12 de agosto. A abertura oficial da 22.ª edição está marcada para esta quarta-feira, dia 1, na Praça da Nau às 15h00.

A Viagem Medieval é uma genuína aula de história viva, onde os visitantes podem fazer parte dos grandes momentos de animação e recriação. Este ano, o evento recua ao reinado de D. Pedro I. No final do reinado de seu pai, o infante D. Pedro já participava na governação, tendo a seu cargo a toda a jurisdição do reino. Assim, ao ser aclamado, pela graça de Deus, Rei de Portugal e do Algarve, D. Pedro I conhecia, melhor do que ninguém, o seu território, percorrendo-o de lés-a-lés, levando a justiça a todas as partes, fazendo-a “aos modos antigos”, por vezes com excessiva dureza e pouco rigor: o cruel ou o justiceiro seria mais carrasco do que juiz.

O povo sentia a sua proteção, chamando-o de justiceiro. A nobreza temia-o e respeitava-o e, ao contrário dos seus antecessores, foi brando para com alguns senhores. Quanto ao clero, as antipatias e desagrados adensavam-se, conduzindo a uma política de afirmação do Estado perante a Igreja. Promoveu leis que fomentaram o comércio marítimo, criou novos concelhos, regulamentou a agricultura e as pastagens e a nível internacional, manteve boas relações com Castela, apesar do difícil jogo de desavenças internas no reino vizinho.

Quase sempre identificado pelo episódio de vingança contra os carrascos de Inês de Castro, D. Pedro I reinou apenas dez anos, conduzindo Portugal à prosperidade financeira e à paz com os reinos vizinhos.

Números da 22.ª edição 

12 dias de animação e recriação histórica

140 horas de animação

67 espetáculos diários (grande formato, âncora e circulantes)

140 apresentações diárias

1.692 apresentações nos 12 dias

242 artesãos, mercadores e regatões na Feira Franca

350 voluntários

2000 pessoas a trabalhar diariamente

33 hectares de área

700.000 visistantes esperados

11 prémios e distinções (4 internacionais e 7 nacionais)

Cortejos

01. 06. AGO. | QUA. SEG.
De amada a rainha
castelo › praça da nau • 22h00
Pouco depois de coroado rei, D. Pedro manda desenterrar Inês de Castro, coroa-a rainha e obriga os fidalgos a beijarem-lhe a mão em sua homenagem. A amada é agora Rainha.

02. 09. AGO. | QUI.
Justiceiro e Cruel
misericórdia › povoado • 22h00
Percorrendo o reino, passando pela Terra de Santa Maria, D. Pedro I demonstra o nível de crueldade que lhe valeu o cognome de Justiceiro.

05. AGO. | DOM.
D. Pedro I El-Rei de Portugal
tribunal › castelo • 19h00

12. AGO. | DOM.
Cortejo Real
tribunal › castelo • 19h00

 

Episódios

02. 03. AGO. | SEX. SAB.
A Vingança
castelo [ exterior ] • 22h00 • 30’
D. Pedro I de Portugal não desiste de vingar a morte da sua amada Inês, mesmo que para tal tenha que aplicar os castigos mais cruéis.

07. 08. AGO. | TER. QUA.
A Coroação
castelo [ exterior ] • 22h00 • 30’
El-rei manda transladar o corpo da sua amada, de Coimbra para Alcobaça. Inês será coroada Rainha, tal como prometido.

10. 11. AGO. | SEX. SÁB.
O Sonho
castelo [ exterior ] • 22h00 • 30’
Os sonhos constantes assolam D. Pedro I que antevê o salvamento do reino através de um dos seus filhos.

MOMENTOS DA VIDA D’EL-REI
[praça do convento]

02. 08. 11. AGO. | QUI. QUA. SAB.| 16h00 | Praça do Convento › Praça das Tabernas
Festim

03. AGO. | SEX. | 16h00 | Praça do Convento › Povoado
De Visita ao Povoado

04. 07. AGO. | SÁB. | TER. | 16h00 | Praça do Convento › Praça das Tabernas
D. Pedro, O Justiceiro

09. AGO. | QUI. | 16h00 | Praça do Convento › Terreiro
D. Pedro de Castela vem a Portugal

06. 10. AGO. | SEG. | SEX. | 16h00 | Praça do Convento › Castelo
De Visita ao Castelo

05. 12. AGO. | DOM. | 16h00 | Praça do Convento › Banhos de S. Jorge
Ida aos Banhos


Palavras-chave: ,

- Julho 29, 2018

Relacionados

Cercifeira premiada como Estabelecimento Medieval Oficial

A Cercifeira, na Rua Dr. Santos Carneiro, foi a primeira classificada no concurso “Estabelecimento Medieval Oficial”, do projeto “Envolver”, que visa envolver o comércio e serviços de Santa Maria da Feira no espírito da Viagem Medieval. Entre 87 aderentes, foram premiados ainda o Café Ideal (2º classificado), na Rua Dr. Vitorino de Sá, e a […]

Nascidos no Hospital da Feira voltam a ser distinguidos como infantes

À semelhança de outros anos, os bebés nascidos no CHEDV no período em que decorre a Viagem Medieval, vão ser distinguidos com o título de infantes de “Terras de Santa Maria”. Dado o sucesso dos anos anteriores, a iniciativa será replicada durante a 22ª edição da Viagem Medieval, e mais uma vez serão entregues títulos […]

Presidente da República cancela visita à Viagem Medieval

O Presidente da República, através do Chefe da Casa Civil, cancelou a visita que tinha prevista esta sexta-feira à Viagem Medieval, evento de recriação histórica que arranca esta quarta-feira em Santa Maria da Feira e que se prolonga até ao dia 12. O cancelamento da visita está relacionada com o momento de luto que o […]