Salvador Malheiro apela à “união” nos projetos estruturantes para o Município de Ovar

pub

O presidente da Câmara de Ovar, Salvador Malheiro, apelou ao espírito vareiro e à unidade naqueles que são os projetos estruturantes para o concelho, na intervenção que proferiu na sessão solene que assinalou o Dia do Município, durante a qual a Câmara distinguiu personalidades e instituições ovarenses de relevo, e homenageou funcionários e docentes que se aposentaram.

“Temos de agir, fazer e concretizar, em vez de perder energias em estratégias de difamação, em cenários especulativos ou em guerrilha política local e nacional”, afirmou o autarca, salientando que o mundo mudou e a forma de fazer política “tem que se adaptar e evoluir”.

Salvador Malheiro fez questão de lembrar que fazer “política pela negativa não dá bom resultado”, bastando “analisar os resultados das últimas autárquicas” em que o PSD alcançou uma votação histórica em Ovar.

“De que vale olhar para uma floresta organizada com centenas de milhares de árvores saudáveis e aí identificar apenas uma com um ramo doente. Temos que nos unir nos projetos estruturantes para o município”, sublinhou, exortando “todos” a colocar o interesse do Município em primeiro lugar, “em detrimento de qualquer interesse partidário e de índole pessoal”.

Da sua parte – garantiu – “existe a humildade para assimilar outros ensinamentos, outros projetos e boas estratégias para aquilo que é decisivo e estruturante para as gerações futuras”. E mais adiante, quando se referia às personalidades e instituições homenageadas, acabaria por assumir como um “eixo estratégico” do seu plano de acção a criação de unidades de execução para dinamizar novas zonas de atividades económicas em Válega, Maceda e Esmoriz, um tema caro aos vereadores socialistas.

Salvador Malheiro disse que Ovar tem razões para festejar, ao inaugurar o novo edifício da Unidade de Saúde de Válega, pago pela autarquia, numa altura em que “o setor da saúde nacional vive momentos menos bons, com algum desinvestimento”. Um pretexto para reiterar que está de “pedra e cal” em Ovar. “Ninguém manda na minha vontade e a minha vontade é continuar a ser presidente da Câmara de Ovar, pois não encontro nada mais gratificante na vida política ativa do que ver recompensado o nosso trabalho diário com um sorriso de felicidade no rosto dos nossos munícipes”, rematou.

A sessão solene serviu para distinguir figuras que contribuem para a afirmação da identidade vareira. O mais alto galardão do Município foi atribuído, a título póstumo, a José Macedo Fragateiro, “um dos maiores socialistas da História de Ovar”, um gesto que vindo de um executivo maioritariamente social-democrata -sublinhou o presidente da Câmara – revela “maturidade e humildade política” e “sobretudo deferência por quem sempre colocou os interesses da terra e da democracia em primeiro lugar”.

O programa comemorativo do Dia do Município incorporava ainda uma visita ao Festival do Pão de Ló de Ovar, que decorre até domingo no Jardim do Caster, e uma marcha das coletividades do Concelho entre o Mercado Municipal e a Praça da República.


Palavras-chave: , ,

- Julho 26, 2018

Relacionados

Polícia Judiciária de Aveiro detém vigilante suspeito de abuso sexual de menor

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, vigilante, de 57 anos, suspeito de ter abusado sexualmente de uma menina com 8 anos de idade, sua vizinha e neta de um familiar. Segundo um comunicado da PJ, os factos ocorreram na Região Centro [numa freguesia do concelho de Ovar], […]

Gala Solidária de Válega apoia Liga Contra o Cancro

A Gala Solidária, promovida pelo grupo ASAS-Anjos Solidários, no Salão Paroquial de Válega, rendeu 1.695, 40 euros, montante que será entregue na íntegra para a Liga Portuguesa Contra o Cancro, informou a organização. Manuela Couto, coordenadora do grupo ASAS, sublinha os “excelentes momentos musicais” que o espetáculo proporcionou e agradece a todos os que contribuíram […]

Governo compromete-se com requalificação do bloco operatório do Hospital de Ovar

A secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos, assumiu o compromisso do governo em requalificar o bloco operatório do Hospital de Ovar, no âmbito de uma estratégia que pretende transformar esta unidade num “hospital de proximidade”. Rosa Valente Matos falava durante a inauguração das novas instalações da Unidade de Saúde Familiar de Válega, […]