Política

CDS preocupado com património

pub

O CDS de Fornos, Santa Maria da Feira, promoveu uma caminhada pelo património histórico da freguesia, nomeadamente elementos como a ponte da Ribeira D’Água e a fonte Rainha Santa Isabel, e constatou que a via pedonal estava “descuidada, com vegetação circundante a esconder estes marcos históricos”.

“Achamos que é uma vergonha, para nós Fornenses, ter silvas com mais de cinco metros de altura, em alguns pontos, ao caminhar e ter que se desviar da vegetação”, sublinha aquela estrutura partidária, acrescentando que deve haver orgulho em preservar este património histórico.

Numa nota à imprensa, o CDS/Fornos apela ao executivo social-democrata liderado por Luís André Santos, que reverta a situação e requalifique a via pedonal, removendo o lixo de obras, entre outros detritos.


Palavras-chave: , , ,

Política - Julho 22, 2018

Relacionados

Até 11 de janeiro, inscrições abertas para as meninas fogaceiras

A Câmara de Santa Maria da Feira tem abertas, até 11 de janeiro, as inscrições para a participação das meninas do concelho no Cortejo Cívico e tradicional Procissão da Festa das Fogaceiras, celebrada a 20 de janeiro, feriado municipal. Na primeira semana de janeiro, a ficha de inscrição será distribuída às meninas através das escolas […]

Mais uma chamada, mais uma oportunidade para as artes de rua. O circuito europeu de criação artística está à espera de propostas

Há uma nova oportunidade para a criação artística, uma nova chamada a projetos de artes de rua para entrar no circuito europeu de residências e festivais. Santa Maria da Feira é a única cidade portuguesa parceira no projeto de cooperação europeia “Roundabout Europe”. Artistas emergentes e novos artistas que pretendam criar para o espaço público são […]

Cativações… à moda da Feira!

Uma vez que não sou especialista em culinária, não vale a pena esperar deste texto uma bela receita para experimentar no próximo almoço de família e com os amigos. O prato que vos trago é mais do tipo “Diária mal servida”. Nos últimos anos o vocabulário dos portugueses ficou mais ricos. Novas expressões surgiram, e […]