Economia

Alpe ajuda a formar para empregar

pub

A ALPE (Agência Local em Prol do Emprego), de Santa Maria da Feira, acaba de formalizar a integração profissional de 70 trabalhadores na Relprod, fábrica da empresa suíça Multicuirs construída no Lusopark, em São João de Ver, que se dedica à produção de braceletes de pele para relógios de luxo.

Fazendo um balanço do processo de recrutamento, seleção e formação especializada que desenvolveu, a ALPE considera que o modelo “Formar para empregar”, que “constitui uma via verde para o emprego na perspetiva da qualificação, em articulação com centros de formação especializados e empresas, permite realizar percursos formativos à medida, que correspondem a necessidades efetivas das empresas e em que os formandos podem assimilar os valores, os métodos de trabalho e as técnicas da empresa onde posteriormente serão integrados”.

A Relprod inaugurou, em Abril, a sua nova fábrica erguida numa área de 16 mil metros quadrados no Lusopark, que oferece condições modernas e funcionais aos cerca de 70 colaboradores que, depois de um período de formação especializada, estão aptos a contribuir para uma produção de qualidade e a integrar os quadros da empresa.

O projeto Relprod obteve o reconhecimento de Interesse Estratégico para a Economia Nacional, por parte do Instituto de Emprego e Formação Profissional, e visa o o desenvolvimento, fabrico e produção de artigos de luxo, incluindo artigos de embalagem, dedicando-se maioritariamente à produção de braceletes em couro para exportação e mercado da alta relojoaria.

Estando em causa a fabricação de produtos de excecional qualidade e alto valor acrescentado, a ALPE sublinha que a empresa tem necessidade de recrutar colaboradores qualificados, motivados e altamente especializados e de implementar “uma cultura de melhoria como resposta aos elevados requisitos dos clientes”.

A empresa aposta na formação e privilegia a contratação com base num perfil consonante com a vontade de aprendizagem e evolução profissional, num projeto que oferece estabilidade profissional e possibilidade de progressão.

Segundo a ALPE, “a qualidade e grau de exigência da formação imposta fornecerá um grau de competência e know-how que serão uma valorização curricular e profissional acrescida” aos colaboradores.

“Este foi sempre o objetivo e propósito da ALPE em todo o processo de recrutamento, seleção e acompanhamento que fez para a empresa e a mensagem que tentou passar junto das pessoas que estavam à procura de uma oportunidade para mostrar as suas competências e o seu potencial”, realça uma nota da agência

A ALPE funciona no Cavaco, em Santa Maria da Feira, e presta um trabalho gratuito e de proximidade com empresas, desempregados, jovens à procura do primeiro emprego e empreendedores no âmbito do emprego, da formação, da criação do próprio negócio e do empreendedorismo social.


Palavras-chave: , , , , , ,

Economia - Julho 20, 2018

Relacionados

Curso de Mecatrónica vai decorrer em S. João da Madeira

Em resposta às necessidades do setor industrial da região de S. João da Madeira, a ATEC – Academia de Formação, em parceria com a Sanjotec (Parque de Ciência e Tecnologia de S. João da Madeira), tem vindo a desenvolver, desde 2012, cursos de especialização tecnológica, cujos formandos tiveram a oportunidade de desenvolver o seu estágio […]

Braceletes de luxo feitas na Feira

A multinacional suíça Mulitcuirs, promotora do projeto de investimento Relprod, em Santa Maria da Feira, recebeu formalmente, esta quarta-feira, o edifício onde iniciará já em abril o fabrico de braceletes em couro para relógios de luxo. Em maio, a empresa avançará com uma área complementar: a “polissage” de braceletes e caixas de relógios de metal. […]

Quem anunciou a morte da rolha de cortiça enganou-se. A Forbes esteve em Santa Maria da Feira, visitou empresas, e escreveu um artigo

Os tempos mudaram. A rolha de cortiça teve a corda na garganta e muitos acreditaram que o seu fim estava próximo. Muito próximo. O século XXI começava e o presente da rolha de cortiça era bastante negro. As vendas desciam a pique e os vedantes alternativos – de alumínio, plástico e vidro – começavam a […]