Desporto

Feirense brilha no Troféu Agostinho

pub

A Vito-Feirense-Blackjack deixou a sua marca na 41.ª edição do Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, protagonizando com João Matias uma luta emocionante pela etapa com final em Sobral de Monte Agraço.

O Troféu Joaquim Agostinho percorreu 486 quilómetros ao longo de quatro intensos dias de competição. Num pelotão de 20 equipas, entre elas três do escalão Profissional Continental, a Vito-Feirense-Blackjack conseguiu destacar-se na luta por etapas com João Matias, que logo ao primeiro dia se intrometeu entre os primeiros melhores tempos alcançados no prólogo inaugural.

Pedalado na vila do Turcifal, o contra-relógio individual de 8 quilómetros viu Xuban Errazkin abandonar por queda, mas revelou a boa forma de Matias, que ficou a 24 segundos da vitória alcançada pelo internacional luso Rafael Reis (Caja Rural-Seguros).

Esse foi apenas um aperitivo para o que se seguiu na primeira etapa. Com final em Sobral de Monte Agraço, a jornada de 162 quilómetros, iniciada em S. Mamede da Ventosa, assistiu a um final emocionante protagonizado por João Matias. O corredor de 27 anos desferiu um ataque no início da recta da meta, a cerca de 700 metros do final, aguentando a inclinação do terreno e a feroz perseguição dos adversários até à meta, onde terminou em segundo, sendo apenas superado em cima do risco pelo francês Cyril Barthe, da equipa Pro Continental Euskadi-Murias.

No dia seguinte, já não tomou a partida da segunda etapa, por acordar indisposto, com estado febril e, atendendo à altura da época, foi decidido pelo departamento médico da equipa, juntamente com o departamento desportivo, em não alinhar, a fim de recuperar e não correr o risco de agravar o seu estado.

Em prova continuaram Hugo Sancho, Soufiane Haddi, Ricardo Vale e Gonçalo Santos, que defenderam as cores feirenses na penúltima jornada de 144 quilómetros, iniciada na Serra d’El Rei com final no tradicional circuito em Torres Vedras, e no derradeiro dia com chegada ao alto de 1.ª categoria do Montejunto, onde no final dos desgastantes 172 quilómetros Sancho chegou entre os primeiros, em 16.º, fechando na geral no 19.º lugar, seguido de Haddi em 26.º, Vale em 84.º e Gonçalo Santos em 92.º. Henrique Casimiro (Efapel) venceu a última jornada e José Neves (W52-FC Porto) a camisola amarela.

 

Resultados 3.ª Etapa:
1.º Henrique Casimiro (Efapel) 4h26m50s
16.º Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack) a 2m18s
26.º Soufiane Haddi (Vito-Feirense-Blackjack) a 3m55s
83.º Ricardo Vale (Vito-Feirense-Blackjack) a 18m33s
89.º Gonçalo Santos (Vito-Feirense-Blackjack) a 18m58s

 

Classificação Geral:
1.º José Neves (W52-FC Porto) 12h43m38s
19.º Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack) a 3m39s
26.º Soufiane Haddi (Vito-Feirense-Blackjack) a 5m28s
84.º Ricardo Vale (Vito-Feirense-Blackjack) a 43m37s
92.º Gonçalo Santos (Vito-Feirense-Blackjack) a 46m22s

 

Geral Equipas:
1.ª W52-FC Porto
13.ª Vito-Feirense-Blackjack

 

Juniores estreiam-se nos Europeus ao serviço da Seleção Nacional

Os juniores da Vito-Feirense-Blackjack, Pedro Andrade e António Ferreira, defenderam as cores da Seleção Nacional no Campeonato da Europa de Estrada, em Brno, República Checa.

Em estreia nos Europeus, Pedro Andrade foi o primeiro a entrar em prova, fechando o contra-relógio de 23 quilómetros no 42.º lugar, mas sendo desclassificado por ter contornado uma rotunda pelo lado errado dos pinos que demarcavam o percurso. Já na prova de fundo, de 118,8 quilómetros, o campeão nacional Andrade terminou o dia em 45º, antecedido pelo companheiro António Ferreira em 44.º lugar, ambos a 21m55s do vencedor belga Remco Evenepoel, também vencedor do ‘crono’.

 

Feirense no Encontro Nacional de Escolas

A equipa de formação da Vito-Feirense-Blackjack este presente no Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo, em Almeirim. Os mais pequenos ciclistas Feirenses aproveitaram a ocasião para a saudável prática da modalidade, tendo sempre como objectivo a diversão característica nestes escalões etários.

Resultados Contra-relógio, Escolas/Juvenil:
1.º António Morgado (Ecosprint-Nutea)
7.º Gabriel Ferreira (Vito-Feirense-Blackjack)
18.º Diogo Oliveira (Vito-Feirense-Blackjack)
42.º Rodrigo Neves (Vito-Feirense-Blackjack)
47.º Pedro Caetano (Vito-Feirense-Blackjack)
101.º David Ferreira (Vito-Feirense-Blackjack)

Destreza Estrada, Escolas/Infantil:
1.º Martim Roseta (Agência Avenida)
32.º Hugo Andrade (Vito-Feirense-Blackjack)

Destreza Estrada, Escolas/Iniciado:
1.º Rui Sabino (CRC/Garbo)
34.º Jéssica Oliveira (Vito-Feirense-Blackjack)

 

Fotos: Helena Dias


Palavras-chave: , ,

Desporto - Julho 15, 2018

Relacionados

João Matias no pódio

Mal terminou a Volta a Portugal e João Matias voou para nova competição na Alemanha, desta vez na vertente de pista, com o brilhante balanço de três vitórias e mais dois pódios. No dia 16 de agosto, alcançou dois pódios na prova Eulen-Renntag Ludwigshafen, de classe 2 UCI. Matias obteve o segundo lugar no Madison, […]

Feirense brilha na Volta

A Vito-Feirense-Blackjack voltou a dar nas vistas na sexta etapa da Volta a Portugal, que ligou Sernancelhe a Boticas, com Xuban Errazkin a tentar a sua sorte ao saltar do grupo que liderava a corrida ainda antes da última subida do dia, onde se encontravam o camisola amarela Raúl Alarcón, Joni Brandão, Edgar Pinto (na […]

João Matias vence última etapa

João Matias, da Vito-Feirense-Blackjack, venceu ao sprint a quinta e última etapa do Grande Prémio Nacional 2 que tinha a sua meta instalada em Faro e que terminou com a consagração de Raúl Alarcón, da W52-FC Porto, como grande vencedor desta nova prova do calendário do ciclismo português. Durante cinco dias, o pelotão percorreu um […]