Espinho recria este fim de semana Praia dos inícios do século passado

pub

A esplanada da Praia da Baía regressa esta noite de sábado e na tarde de domingo ao início do Século XX, para assistir à recriação histórica “Vir a Banhos”, com mais de uma centena de figurantes trajados à época envolvidos numa encenação dos hábitos balneares e sociais daqueles tempos.

“Vir a Banhos” recorda a época áurea de Espinho, quando vilões e fidalgos faziam praia, mediante prescrição médica. Mais de 100 figurantes retratam algumas das principais personagens da época, desde os banhistas vestidos a preceito, vilões, fidalgos, teatro de robertos, fotógrafo “à la minuta” e vendedores ambulantes.

Este sábado, a partir das 21h30, é recriado o passeio da burguesia que vinha a banhos para Espinho, pela esplanada junto ao mar, entre a Praia da Baía e a Piscina Solário Atlântico, que está a assinalar os seus 75 anos, seguido de baile com a participação do SAXECooletivo e do Grupo de Exibição de Danças de Salão da Escola de Bailado Adriana Domingues.

Este domingo, às 14h00, a recriação desce ao areal da Baía para mostrar como era uma tarde de domingo de praia em Espinho no início do Século XX.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Espinho em parceria com o movimento associativo local.


Palavras-chave: , , ,

- Julho 14, 2018

Relacionados

PSP apreendeu calções, camisolas e meias contrafeitos na feira semanal

A PSP de Espinho identificou uma mulher, de 61 anos, vendedora, por ter à venda no recinto da feira semanal de Espinho artigos supostamente contrafeitos de marcas desportivas de renome. Foram-lhe apreendidas 276 peças de vestuário – calções, t-shirts e meias. A PSP de São João da Madeira deteve um homem, de 29 anos, vigilante de segurança privada, […]

Arquiteto Rui Lacerda morre durante peregrinação a Compostela

Rui Lacerda, 64 anos, arquiteto espinhense, morreu de doença súbita esta quinta-feira, numa peregrinação a Santiago de Compostela, em Espanha. Desconhece-se, por enquanto, data e hora do funeral devido ao processo de transferência do corpo de Espanha para Portugal. Rui Lacerda é autor de edifícios como o Auditório de Espinho, o Casino da cidade, a […]

“Sem Espinhas”: O festival que celebra o peixe e o marisco num almoço coletivo em Espinho

Sábado é dia de celebrar o peixe e o marisco em Espinho. “Sem Espinhas” está de volta a uma das principais ruas da cidade com comida, bebida e animação. A partir do meio-dia, há almoço numa mesa corrida ao longo da Rua 41. A câmara e cinco restaurantes da cidade promovem, no próximo sábado, dia […]