Concelhos

CDS questiona governo e pede demissão de autarca de Fiães

pub

Os deputados do CDS eleitos por Aveiro vão formular uma pergunta ao Ministério do Ambiente sobre o caso do enterramento de géneros alimentícios pela Junta de Freguesia de Fiães num espaço que faz lembrar “uma lixeira a céu aberto em pleno século XXI”.

O compromisso foi assumido, este sábado, por António Carlos Monteiro, deputado do CDS na Assembleia da República, numa visita dos deputados centristas eleitos por Aveiro, responsáveis da Concelhia da Feira, do Núcleo local do partido e do eleito na Assembleia de Freguesia, ao local do aterro, nas traseiras do Estádio do Bolhão, ao fim da Travessa de Penoucos..

“Vamos fazer uma pergunta ao ministro do Ambiente para saber se tem conhecimento deste caso e que medidas está a tomar para evitar que casos como estes se repitam e para prevenis a contaminação da água do subsolo”, afirmou o deputado centrista, questionando-se “como é possível autoridades públicas, como uma junta de freguesia, fazer um despejo ilegal naquilo que é uma lixeira a céu aberto”.

O eleito do CDS, independente, insistiu no desafio a António Valdemar para que se demita do cargo de presidente da Junta depois deste caso. Carlos Bastos, e depois o presidente da Concelhia, Ângelo Santos, ressalvaram que o CDS não deseja eleições antecipadas da cidade, mas que “a moralidade regresse a Fiães e que este executivo possa governar bem”.

Carlos Bastos afirmou que “o que aconteceu em Fiães não pode acontecer” e lamenta que “todos os dias junto ao campo de treinos do Bolhão seja “despejado lixo tóxico”, temendo pela “água das nascentes, das minas que aqui existem, dos fontenários” e que não é regulamente analisada e a que os agricultores utilizam na rega”.


Palavras-chave: , , , , ,

Concelhos - Julho 7, 2018

Relacionados

CDS pela unidade da Feira

O CDS de Santa Maria da Feira reitera que “sempre defendeu e continuará a defender a unidade do Concelho”. Em nota à imprensa, a pretexto da última Assembleia Municipal em que foi rejeitada a eventual transferência de Milheirós de Poiares para São João da Madeira, os centristas consideram que o eleito do Bloco de Esquerda […]

Contra “dois pesos e duas medidas”

O Núcleo do CDS de São João de Ver manifesta a sua “indignação e descontentamento” pelo facto de a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira não ter chegado a qualquer compromisso com a Junta de Freguesia de São João de Ver e a Direção do clube de futebol local para a desejada requalificação dos […]

CDS preocupado com património

O CDS de Fornos, Santa Maria da Feira, promoveu uma caminhada pelo património histórico da freguesia, nomeadamente elementos como a ponte da Ribeira D’Água e a fonte Rainha Santa Isabel, e constatou que a via pedonal estava “descuidada, com vegetação circundante a esconder estes marcos históricos”. “Achamos que é uma vergonha, para nós Fornenses, ter […]