Concelhos

Jornada nacional do PCP arranca no Hospital São Sebastião, na Feira

pub

O PCP iniciou nesta segunda-feira uma jornada de uma semana em defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o lema “A Saúde é um Direito, Não é um Negócio” com a distribuição do panfleto nacional a profissionais e utentes do Centro Hospitalar entre Douro e Vouga, em Santa Maria da Feira.

Durante o contacto com os trabalhadores e utentes da unidade hospitalar partilharam-se preocupações e problemas vividos no quotidiano da unidade hospitalar, nomeadamente a falta de auxiliares e enfermeiros, a sobrelotação e a dificuldade de dar resposta às necessidades básicas.

“É notória que a dimensão desta unidade está aquém das necessidades, uma vez que, aquando da sua construção, a resposta que estava no seu âmbito era mais reduzida, tendo hoje, após os encerramentos de outros hospitais em concelhos vizinhos, concentrado os serviços. Desde o parque de estacionamento que não consegue dar resposta a todos os funcionários e utentes, à falta de camas e pessoal, bem como à resposta incapaz do serviço de urgência, sendo fundamental tomar medidas que possam dar resposta às principais preocupações de utentes e profissionais de saúde”, refere o partido.

“As dificuldades que se vivem hoje no acesso aos cuidados de saúde, fruto de uma prolongada ofensiva, fundamentalmente através de diversos encerramentos de unidades de saúde, da privatização de serviços e da falta de investimentos públicos fundamentais para a sua manutenção e melhoria levam a que seja urgente uma resposta em defesa do SNS”, sustenta o PCP que considera que a defesa do SNS “é um imperativo nacional e civilizacional devido à sua importância ao longo de mais de 40 anos”.


Palavras-chave: , , ,

Concelhos - Junho 18, 2018

Relacionados

Câmara sugere sessões de esclarecimento em vez de cartas “frias” da Indaqua

A Câmara de Santa Maria da Feira vai abordar a Indaqua, concessionária dos serviços de água e saneamento no Concelho, no sentido de estabelecer uma parceria para a divulgação e o esclarecimento da população sobre a obrigatoriedade das ligações às redes de água e saneamento. A concessionária tem vindo a remeter cartas aos munícipes focando […]

19 candidatos a fazer arte urbana em parques de lazer e de habitação social

Terminou o prazo para apresentação de propostas ao concurso Urbanidades do Eixo que convocou jovens com menos de 30 anos da Eurorregião do Norte de Portugal e da Galiza, de diferentes domínios da arte urbana, para intervirem em espaços públicos do concelho de Santa Maria da Feira e o vereador da Cultura do Município não […]

Pavilhão de Mozelos tinha prazo de conclusão de 400 dias e já leva 200 de derrapagem

Em Mozelos, diz-se que é uma obra de Mafra. O caderno de encargos previa que o pavilhão municipal, no lugar do Murado, levasse 400 dias a ser erguido e colocado à disposição da comunidade. De prorrogação em prorrogação de prazo, solicitadas pelo empreiteiro e concedidas graciosamente pela Câmara Municipal, aos 400 dias já se somaram […]