Política

Caixa de Nogueira encerra dia 29

pub

 

Os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Aveiro contestam o encerramento do segundo balcão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) no concelho de Oliveira de Azeméis, agora que está anunciado o fecho da agência de Nogueira do Cravo. Numa pergunta dirigida ao Ministério das Finanças, os parlamentares sociais-democratas recordam a dimensão daquele concelho, que passará a ter balcão do banco do Estado apenas na sede do concelho.

“O encerramento do balcão da CGD, que é o único na União de Freguesias, está a provocar naturalmente grande preocupação junto do presidente da União de Freguesias e da população, particularmente na população das faixas etárias mais idosas ou com mobilidade reduzida, para quem o encerramento de um serviço de atendimento personalizado e de proximidade, baseado na relação de confiança com o gestor de conta, faz efetivamente a diferença”, pode ler-se no documento, cuja primeira subscritora é Helga Correia, natural do concelho de Oliveira de Azeméis.

Os parlamentares do PSD exigem do governo resposta sobre qual o critério ou critérios usados para o encerramento do balcão de Nogueira do Cravo no próximo dia 29 de junho, tendo em conta que este vai ser o segundo balcão a encerrar no concelho, e sobre se os postos de trabalho foram acautelados, tendo em conta que esta é a segunda instituição que fecha, no concelho, em apenas 15 meses.

No texto que suporta a pergunta, os deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Aveiro dizem nada ter “a obstar contra a reestruturação da rede de balcões da CGD, desde que sejam acautelados os postos de trabalho e o serviço público de proximidade, que tem caracterizado o banco público ao longo de várias décadas”.

O balcão da CGD de Nogueira do Cravo, situado na união de freguesias de Nogueira do Cravo e Pindelo, com 5.390 habitantes (dados dos censos de 2011), insere-se numa freguesia com uma forte componente industrial. O balcão não dá resposta apenas à União de Freguesias, serve as freguesias vizinhas mais próximas, também elas detentoras de polos industriais que ficaram sem acesso ao banco único da freguesia, e sem caixa multibanco.

Os deputados do PSD/Aveiro fazem notar que o concelho de Oliveira de Azeméis tem 161 quilómetros quadrados e 69.127 habitantes (dados dos censos de 2011), sendo composto por 12 freguesias com diferentes realidades, “um concelho fortemente industrial, com polos industriais importantíssimos, na freguesia de Nogueira do Cravo e na freguesia vizinha de Cesar”.

Recorde-se que este não é o primeiro encerramento no concelho de Oliveira de Azeméis. Em 31 de março de 2017, a CGD encerrou o balcão de Cucujães, pelo que a confirmar-se o encerramento do balcão de Nogueira do Cravo, o concelho fica apenas com um balcão na sede do concelho.


Palavras-chave: , , , ,

Política - Junho 15, 2018

Relacionados

Ápio Assunção morreu aos 71 anos

Ápio Assunção, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, morreu na manhã do último domingo. Tinha 71 anos, era natural de Pinheiro da Bemposta, onde irá hoje a enterrar pelas 16h00. O seu currículo político é extenso. Foi presidente da Junta de Freguesia do Pinheiro da Bemposta durante quase 20 anos. Entre 1997 e 2001, foi […]

Todos de acordo. Santa Maria da Feira deve voltar a ter 31 freguesias

Aprovada por unanimidade. A moção apresentada pelo BE pela reposição das freguesias extintas do concelho de Santa Maria da Feira foi consensual na última Assembleia Municipal. Antes da reorganização administrativa, o território feirense tinha 31 freguesias, depois das alterações encolheu para 21. “Este foi um processo desastrado e desastroso que importa reverter. É hoje inequívoco […]

Cheiro a Casqueira no parlamento

A deputada do PSD, Susana Lamas, desafiou o ministro do Ambiente a assumir uma estratégia que ponha fim ao problema ambiental gerado pela  “fábrica do Casqueira”, como é conhecida, que afeta populações de São João da Madeira, Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis. Na discussão do Orçamento do Estado (OE) para 2019, a […]