Concelhos

Câmara vai estudar pagamento parcial das bolsas de estudo em janeiro

pub

A Câmara de Santa Maria da Feira aprovou esta semana a atribuição de 54 bolsas de estudo a alunos do concelho que frequentam o ensino superior. Esta atribuição acontece todos os anos na reta final do ano letivo, levando a que alguns dos estudantes, pela sua situação de carência económica, atravessem grandes dificuldades para suportar propinas e os outros encargos.

Entre novembro e dezembro, altura em que a Câmara Municipal tem os resultados das candidaturas feitas pelos alunos nos meses de setembro e outubro, e maio quando fecha o processo decorrem mais de cinco meses, justificados pela necessidade de esperar pelas listas das bolsas de estudo atribuídas pela Direção Geral do Ensino Superior (DGES), para evitar duplicação de apoios.

 

Proposta do socialista Délio Carquejo acolhida pela vereadora da Educação, Cristina Tenreiro, que se propõe estudar o perfil dos alunos contemplados nos últimos anos e fazer uma experiência piloto já no próximo ano

 

Foi a pensar nestes casos, que o vereador socialista Délio Carquejo (à direita na foto) propôs que a Câmara antecipasse para janeiro um pagamento de 50 por cento das bolsas de estudo, para atenuar as dificuldades desses alunos, fazendo o acerto de contas no momento em que forem conhecidas as listas da DGES e da autarquia.

Délio Carquejo é docente do ensino superior e tem conhecimento de que “muitas dificuldades dos alunos no pagamento de propinas”, ficando sujeitos ao “arbítrio” das instituições do ensino superior em tolerar ou aplicar multas por atrasos.

Cristina Tenreiro, vereadora que tutela a pasta da Educação, prometeu, com base no historial dos anos anteriores definir um perfil dos alunos que muito provavelmente terão direito a bolsa e atribuir uma percentagem em janeiro. “Vamos fazer esse estudo e faremos uma experiência piloto no próximo ano”, afirmou a vereadora, ressalvando que essa antecipação do pagamento de uma percentagem da bolsa “não vai ser para todos”.

Neste ano, os serviços do pelouro de Educação receberam mais de uma centena de candidaturas de alunos do ensino superior às bolsas atribuídas pelo Município. Foram contemplados 54 estudantes que atingiram rendimentos per capita até 325 euros.


Palavras-chave: , , , , ,

Concelhos - Junho 9, 2018

Relacionados

Seis detidos em operação Stop de grande envergadura em Santa Maria da Feira

Seis detenções por condução sob efeito de álcool, seis indivíduos identificados, dois deles menores, por posse de estupefacientes, apreensão de 11 doses de haxixe e fiscalização de 325 viaturas de que resultaram 28 autos de contraordenação rodoviária e a apreensão de 19 documentos e dois veículos automóveis. É o balanço de uma operação STOP de […]

Pedreira das Penas preocupa CDU

A CDU de Santa Maria da Feira está preocupada com o aspeto ferruginoso e com a sedimentação da mesma cor do espelho de água do parque da Pedreira das Penas, nas traseiras do Cineteatro António Lamoso, na cidade da Feira. Num requerimento, através da Assembleia Municipal, o eleito da CDU Filipe Moreira pede esclarecimentos ao […]

Cercifeira premiada como Estabelecimento Medieval Oficial

A Cercifeira, na Rua Dr. Santos Carneiro, foi a primeira classificada no concurso “Estabelecimento Medieval Oficial”, do projeto “Envolver”, que visa envolver o comércio e serviços de Santa Maria da Feira no espírito da Viagem Medieval. Entre 87 aderentes, foram premiados ainda o Café Ideal (2º classificado), na Rua Dr. Vitorino de Sá, e a […]