Cuca Roseta, Blind Zero e Rão Kyao no cartaz do Arraial da Barrinha

pub

É uma parada de “estrelas” de diferentes estilos que cruzam diferentes públicos. Vai ser assim a próxima edição do Arraial da Barrinha, na Praia de Esmoriz, entre 28 de Junho e 8 de Julho. É o evento maior que assinala mais um aniversário da Cidade.

O Donline já tinha avançado o nome de Cuca Roseta, que sobe ao palco no dia 29, sexta-feira, mas o programa que deve ser oficialmente conhecido por estes dias, reserva outras figuras do panorama musical.

Samuel Úria, destacado compositor e intérprete, abre a programação no dia 28, quinta-feira. Na noite seguinte faz-se “Luz” para ver e ouvir a fadista Cuca Roseta. Este ano não há Festim, mas há sons inconfundíveis como o reggae da banda angolana Kussondolola que se estreou em 1995 com “Dança no Huambo” e “Perigosa”. O primeiro fim de semana de Arraial da Barrinha termina com o saxofone e a flauta de bambu de Rão Kyao.

Segue-se a prata da casa. Na segunda-feira, dia 2 de julho, Ruben Dias, José Reis, António Costa e Alberto Silva tomam conta do palco. No dia seguinte, é Bruno Cordeiro que literalmente faz a festa. Quarta-feira, dia 4, é outra banda da cidade, que marcou outros tempos e que ressurge. Dá pelo nome de “Fósseis Modernos” e continua a ter Alexandre Neves ao leme. O arraial remete-nos para um certo revivalismo e também ele cabe na programação com a banda portuguesa de tributo aos Beatles “The Beetoes”.

O segundo fim de semana do certame que anualmente atrai milhares de pessoas à Praia de Esmoriz e que coloca as associações locais no foco, abre com Lean Cruz, natural da cidade, mas com carreira nacional. A noite de sábado apresenta um registo diferente. O rock da banda portuense Blind Zero, de Miguel Guedes, promete tomar conta do arraial, que encerra no domingo à noite com Mazgani, escritor de canções, cantor e guitarrista que nasceu em Teerão e cresceu em Setúbal.

 

Fotos: DR


Palavras-chave: , , , , , , ,

- Junho 7, 2018

Relacionados

Koneh deixa futebol aos 23 anos

O camaronês Koneh, que representou o Esmoriz e o Lourosa e neste defeso deu um salto do campeão distrital de Aveiro para o Boavista da I Liga, vê-se forçado a abandonar a prática do futebol aos 23 anos, por problemas de saúde. O departamento médico do Boavista detetou-lhe um problema no coração – válvula aórtica […]

A primeira namoradeira já “olha” o mar à entrada da Praia em Esmoriz

A primeira de um conjunto de namoradeiras que pontuarão o futuro passeio marítimo entre o Barra Mar’s em Esmoriz e o Parque de Campismo em Cortegaça, já cativa os curiosos que passam junto à entrada da Praia Velha, em Esmoriz. No final da sessão solene evocativa dos 25 anos da cidade, o presidente da Câmara […]

O “salto”, as “pedras no sapato”, a “herança pesada” e o que falta fazer em Esmoriz

O presidente da Junta de Esmoriz, António Bebiano, aproveitou a sessão solene evocativa dos 25 anos da cidade de Esmoriz para responder aos críticos que falam de marasmo e à oposição que, em Ovar, votou contra “um erro histórico” nas transferências de verbas e competências para as freguesias. Um aniversário com o jogo político em […]