Desporto

Edgar Pinto em 2.º no G. Prémio JN

pub

O 28.º Grande Prémio Jornal de Notícias foi marcado por sete dias, oito jornadas e 827,1 quilómetros de intenso ritmo e competitividade. A Vito-Feirense-Blackjack bateu-se pela vitória a cada dia, estando na luta pela geral com Edgar Pinto, que fechou em segundo da geral e esteve perto de repetir o triunfo alcançado pelo Feirense na 10.ª edição da prova, com Manuel Correia em 1988.

Ao longo de uma semana, a Vito-Feirense-Blackjack esteve sempre na linha da frente do Grande Prémio Jornal de Notícias. Nas etapas finalizadas ao sprint, João Matias esteve perto de vencer tanto na chegada a Viseu, sendo quarto, como na chegada a Viana do Castelo, onde terminou em quinto lugar. Nos contra-relógios, o grupo esteve igualmente em evidência, fechando o “crono” coletivo com o sétimo melhor tempo, mesmo batendo-se com menos um elemento por força do abandono de Soufiane Haddi, vítima de queda e até então fundamental no trabalho de equipa tal como Luís Afonso, Hugo Sancho, Leonel Coutinho, João Santos e Ricardo Vale.

No “crono” individual foi o chefe de fila Edgar Pinto a defender-se perante os mais diretos rivais, ficando a apenas 14 segundos da vitória em Barcelos. Nas jornadas com montanha, Edgar Pinto voltou a demonstrar toda a sua classe, sendo sétimo em Valongo, sexto em Santo Tirso e culminando com um brilhante segundo lugar na derradeira etapa, somente a dois segundos da vitória em Vila Nova de Gaia.

“O Grande Prémio Jornal de Notícias correu bastante bem. Sabíamos que a última etapa seria decisiva e a nossa estratégia passou sempre por chegar a este momento nas melhores condições. Defendemos nos dias anteriores e hoje partimos para o ataque com o Edgar Pinto a atacar na montanha. Acabámos por não conseguir vencer a etapa, que era um dos nossos objetivos, mas estivemos no pódio. Mais importante que o resultado foi a grande exibição do Edgar, que dinamizou a corrida”, refere o diretor desportivo, Joaquim Andrade.

“Acabou por ser um dia bastante positivo, dado o Xuban Errazkin ter culminado uma prova na República Checa, que normalmente serve para catapultar jovens corredores para o WorldTour, e ele foi um dos grandes protagonistas da Corrida da Paz. Fez quarto na geral, o que é um grande motivo de orgulho para nós, para mais por ser um jovem sub-23, e serviu de consolação por termos vindo desfalcados para o Grande Prémio Jornal de Notícias para lhe darmos a oportunidade de estar nesse grande evento da Taça das Nações com a Selecção de Espanha”, acrescentou o responsável.

Ao longo de quatro dias, Xuban Errazkin esteve com a Seleção de Espanha Sub-23 na República Checa disputando a Corrida da Paz, prova de quatro jornadas que integra a Taça das Nações. Na competição que serve de palco para jovens talentos demonstrarem a sua qualidade e ingressarem possivelmente no futuro no WorldTour, o ciclista basco de 21 anos da Vito-Feirense-Blackjack liderou a camisola da montanha por dois dias consecutivos, estando por duas vezes perto da vitória ao finalizar em segundo lugar as duas últimas etapas, em Rýmarov e em Jeseník.

Errazkin fechou a importante competição em segundo lugar na classificação da montanha (a um ponto da vitória) e em quarto na classificação geral, apenas a oito segundos do pódio. A vitória da Corrida da Paz ficou nos pedais de Tadej Pogacar (Ljubljana Gusto Xaurum), esloveno que nas próximas duas temporadas correrá na equipa WorldTour UAE Team Emirates.

Resultados etapa 7:

1.º César Fonte (W52-FC Porto) 4h19m23s

2.º Edgar Pinto (Vito-Feirense-Blackjack) a 2s

24.º Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack) a 26m50s

27.º Luís Afonso (Vito-Feirense-Blackjack) a 26m50s

51.º João Matias (Vito-Feirense-Blackjack) a 36m46s

53.º Leonel Coutinho (Vito-Feirense-Blackjack) a 36m46s

57.º João Santos (Vito-Feirense-Blackjack) a 36m46s

Classificação Geral Final:

1.º António Carvalho (W52-FC Porto) 20h10m39s

2.º Edgar Pinto (Vito-Feirense-Blackjack) a 53s

29.º Luís Afonso (Vito-Feirense-Blackjack) a 33m24s

32.º Hugo Sancho (Vito-Feirense-Blackjack) a 34m43s

38.º João Matias (Vito-Feirense-Blackjack) a 42m08s

57.º Leonel Coutinho (Vito-Feirense-Blackjack) a 1h15m19s

60.º João Santos (Vito-Feirense-Blackjack) a 1h19m18s

Classificação Equipas:

1.ª W52-FC Porto

6.ª Vito-Feirense-Blackjack

Classificação Pontos:

1.º Daniel Mestre (Efapel) 81 pts

8.º Edgar Pinto (Vito-Feirense-Blackjack) 34 pts

13.º João Matias (Vito-Feirense-Blackjack) 18 pts

26.º Leonel Coutinho (Vito-Feirense-Blackjack) 3 pts

27.º Luís Afonso (Vito-Feirense-Blackjack) 2 pts

Classificação Montanha:

1.º João Rodrigues (W52-FC Porto) 28 pts

11.º Edgar Pinto (Vito-Feirense-Blackjack) 5 pts

Classificação Metas Volantes:

1.º João Rodrigues (W52-FC Porto) 15 pts

8.º Luís Afonso (Vito-Feirense-Blackjack) 2 pts

9.º Leonel Coutinho (Vito-Feirense-Blackjack) 2 pts

 

 


Palavras-chave: , , ,

Desporto - Junho 3, 2018

Relacionados

João Matias no pódio

Mal terminou a Volta a Portugal e João Matias voou para nova competição na Alemanha, desta vez na vertente de pista, com o brilhante balanço de três vitórias e mais dois pódios. No dia 16 de agosto, alcançou dois pódios na prova Eulen-Renntag Ludwigshafen, de classe 2 UCI. Matias obteve o segundo lugar no Madison, […]

Feirense brilha na Volta

A Vito-Feirense-Blackjack voltou a dar nas vistas na sexta etapa da Volta a Portugal, que ligou Sernancelhe a Boticas, com Xuban Errazkin a tentar a sua sorte ao saltar do grupo que liderava a corrida ainda antes da última subida do dia, onde se encontravam o camisola amarela Raúl Alarcón, Joni Brandão, Edgar Pinto (na […]

João Matias vence última etapa

João Matias, da Vito-Feirense-Blackjack, venceu ao sprint a quinta e última etapa do Grande Prémio Nacional 2 que tinha a sua meta instalada em Faro e que terminou com a consagração de Raúl Alarcón, da W52-FC Porto, como grande vencedor desta nova prova do calendário do ciclismo português. Durante cinco dias, o pelotão percorreu um […]