Concelhos

Quico Cadaval, ator e contador de histórias, encerra Estafeta de Contos

pub

O ator e contador de histórias galego Quico Cadaval, impulsionador do movimento de teatro radiofónico surgido nos anos 90 na Galiza, vai encerrar a VIII Estafeta de Contos – Conto Com(tigo)!, no dia 18 de maio, no auditório da Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, às 21h30. A entrada é livre.

Quico Cadaval vai apresentar o seu espetáculo “Fantasmas Familiares”, uma narração oral que sofreu constantes transformações nos últimos 15 anos, pelas circunstâncias ambientais, rigores do clima, mas também pelas experiências pessoais do artista e os “terrores” mais íntimos do público.

O espetáculo foi criado a partir de estórias da tradição oral e notícias velhas da Galiza, que se alteraram pouco a pouco na tournée mundial inacabada que Quico Cadaval transporta ao público dos quatro continentes.

Esta apresentação na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira celebra o fecho de mais uma longa viagem da Estafeta de Contos – Conto Com(tigo)!, depois de ter percorrido várias bibliotecas escolares, escolas e jardins de infância do concelho. A estafeta regressará à biblioteca pelas mãos da EB Fernando Pessoa, que subirá ao palco antes de Quico Cadaval, com “A história do caracol que descobriu a importância da lentidão”.

Mais informações na Biblioteca Municipal através do telefone 256 377030 ou pelo email nucleopedagogico@cm-feira.pt.

 


Palavras-chave: , , ,

Concelhos - Maio 12, 2018

Relacionados

Câmara sugere sessões de esclarecimento em vez de cartas “frias” da Indaqua

A Câmara de Santa Maria da Feira vai abordar a Indaqua, concessionária dos serviços de água e saneamento no Concelho, no sentido de estabelecer uma parceria para a divulgação e o esclarecimento da população sobre a obrigatoriedade das ligações às redes de água e saneamento. A concessionária tem vindo a remeter cartas aos munícipes focando […]

19 candidatos a fazer arte urbana em parques de lazer e de habitação social

Terminou o prazo para apresentação de propostas ao concurso Urbanidades do Eixo que convocou jovens com menos de 30 anos da Eurorregião do Norte de Portugal e da Galiza, de diferentes domínios da arte urbana, para intervirem em espaços públicos do concelho de Santa Maria da Feira e o vereador da Cultura do Município não […]

Pavilhão de Mozelos tinha prazo de conclusão de 400 dias e já leva 200 de derrapagem

Em Mozelos, diz-se que é uma obra de Mafra. O caderno de encargos previa que o pavilhão municipal, no lugar do Murado, levasse 400 dias a ser erguido e colocado à disposição da comunidade. De prorrogação em prorrogação de prazo, solicitadas pelo empreiteiro e concedidas graciosamente pela Câmara Municipal, aos 400 dias já se somaram […]