Concelhos

Marionetas e fantoches à luz de candeias no Museu do Papel dia 19

pub

No dia 19 de maio, entre as dez da noite e as duas da manhã, acontece mais um “Turno da Noite” no Museu do Papel Terras de Santa Maria, em Paços de Brandão, iniciativa integrada na Noite Europeia dos Museus. Entre marionetas de balcão, marionetas de manipulação direta e fantoches, Rui Sousa e João Sylva darão movimento, vida e música aos antigos ambientes com um “Turno de Marionetas”.

Mais uma vez, “a candeia que vai à frente…” iluminará os diferentes espaços de produção e fabrico de papel, com um final diferente, marcado pela cor proporcionada pela exposição pontual de marionetas ao longo do percurso da visita, que vão encaminhando tematicamente os visitantes numa romagem até ao momento final.

Após a visita aos diversos espaços do museu, será apresentada uma função de teatro de marionetas inspirada nas que eram feitas há mais de 100 anos. Diz-se que grupos de bonecreiros e artistas ligados à arte das marionetas animavam os finais de grandes safras laborais, bem como as romarias e feiras populares. Eram a alegria do comum trabalhador e do povo. Quem dava as melodias para as animações com as marionetas eram trupes de músicos que criavam a banda sonora em tempo real, semelhante ao que acontecia no cinema mudo.

Para comemorar o Dia Internacional dos Museus, que acontece no dia 18 de maio, o Museu do Papel Terras de Santa Maria e o Museu Convento dos Lóios abrem as suas portas para receber todos os que ainda não tiveram uma oportunidade de visitar estes espaços museológicos ou que pretendam revisitá-los gratuitamente. Este ano, as comemorações têm como tema “Hiperconetividade: novas abordagens, novos públicos”.

Além da visita às exposições permanentes de ambos os museus, o visitante poderá visitar a exposição temporária “O Cajado de Daghdha”, do ilustrador galego Norberto Fernández, que é a primeira publicação de banda desenhada do Eixo Atlântico, nascida da vontade de presentear os cidadãos da eurorregião com uma publicação no âmbito dos 25 anos desta associação transfronteiriça.

No âmbito desta exposição conjunta, que efetiva a conexão entre ambos os museus, e ainda com a eurorregião do Eixo Atlântico, o Museu do Papel Terras de Santa Maria expõe os originais do livro de 48 páginas desta história de aventura, que tem como protagonistas personagens populares da Galiza e Portugal. Por sua vez, o Museu Convento dos Lóios expõe o conjunto de caricaturas de todos os autarcas, alcaldes e alcaldesas pertencentes ao Eixo Atlântico aquando a comemoração dos 25 anos desta associação transfronteiriça – criações do caricaturista Adão Silva, natural de Braga.

A exposição “O Cajado de Daghdha” integra a programação da V Capital da Cultura do Eixo Atlântico, que decorre em Santa Maria da Feira até ao final deste ano, e estará patente em ambos os museus até 1 de julho.

Contactos para mais informações e marcação de visitas:
Museu do Papel: 256 370850 + geral@museudopapel.org
Museu Convento dos Lóios: 256 331 070 + museuconventodosloios@cm-feira.pt


Palavras-chave: , , , ,

Concelhos - Maio 12, 2018

Relacionados

O que fazer nas 40 áreas de reabilitação urbana do concelho

A câmara promove, no dia 30 de novembro, pelas 17h30, uma sessão pública de esclarecimento sobre Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) no auditório da Biblioteca Municipal. A iniciativa, de entrada livre, pretende dar a conhecer aos munícipes o regime jurídico, os sistemas de incentivo, e os benefícios fiscais para uma regeneração urbana sustentável em Santa […]

Rui Paixão, o palhaço do Cirque du Soleil, em conversa informal

Rui Paixão, o único palhaço português no Cirque du Soleil, estará esta sexta-feira, dia 16, à conversa no Imaginarius Centro de Criação (ICC), em Santa Maria da Feira, para falar sobre dramaturgia, transfiguração, imitação e movimento, no âmbito na sua residência artística no ICC. O artista partilhará, numa conversa informal agendada para as 18h00, o […]

BE apresenta proposta para repor freguesias extintas por PSD-CDS

O Bloco de Esquerda vai apresentar na Assembleia Municipal de Santa Maria da Feira, agendada para dia 12, uma proposta para a reposição de todas as freguesias do Concelho agregadas no processo de reorganização administrativa promovido pelo governo PSD/CDS. “O BE quer repor a democracia e o direito a que as populações decidam sobre a […]