d'imagens

Os 90 anos dos Bombeiros de São João da Madeira e a “revolução” camarária

Os Bombeiros Voluntários de São João da Madeira têm 90 anos de vida. Nove décadas de trabalho, de suor, de dedicação, de imensa e intensa labuta. Nada disso passou em branco na cerimónia da festa. Nem mesmo os apoios. Carlos Coelho, presidente da associação, lembrou que o subsídio camarário é o mesmo desde o início do século. E o presidente da câmara sanjoanense, Jorge Vultos Sequeira, prometeu uma revolução. O autarca anunciou que está a preparar uma proposta muito ambiciosa que será uma “verdadeira revolução” na atribuição de benefícios aos soldados da paz. IMI mais baixo e água mais barata fazem parte dessa “revolução”.

Outras Galerias

Observar, sentir, desenhar e cuidar do Parque das Ribeiras do Uíma, em Fiães

É uma casa portuguesa, com certeza, em Espinho

Praia de São Pedro de Maceda, entre Esmoriz e o Furadouro, em Ovar