Concelhos

Hospital de Oliveira de Azeméis terá nova sala de Raio X

pub

O Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (CHEDV), no qual está integrado o Hospital de S. Miguel, em Oliveira de Azeméis, vai investir na construção de uma nova sala de Raio X naquela unidade hospitalar, substituindo assim a atual sala e todo o seu equipamento.

Esta mudança resulta da necessidade de se operar a transferência da localização da atual sala, que é de difícil acesso quer para os utentes do Serviço de Urgência, quer para os do internamento. Para além disso, o equipamento que atualmente está em uso tem já mais de 20 anos de vida, estando tecnologicamente obsoleto.

O investimento, lançado neste mês de abril, incluirá uma obra para a instalação da nova sala num espaço contíguo ao Serviço de Urgência e à Consulta Externa, bem como a instalação de um novo equipamento de Raio X. Este irá substituir a antiga tecnologia convencional analógica por um equipamento com tecnologia de aquisição e processamento de imagem digital direto através de detetor fixo e de Wi-fi.

Para além de melhorar as condições de trabalho do Serviço de Imagiologia em Oliveira de Azeméis, o investimento irá aumentar a produção dos meios complementares de diagnóstico nesta área.

 

Atividade do hospital cresce durante primeiro trimestre do ano

Atualmente, apenas são realizados exames de radiologia para apoio ao Serviço de Urgência. Após esta obra, que poderá estar concluída em 4 meses, serão também realizados exames aos doentes seguidos em consulta externa, ficando ainda em aberto a possibilidade de serem realizados exames para os utentes dos Centros de Saúde.

Este investimento surge num ano em que, segundo o CHEDV, a atividade realizada no Hospital de S. Miguel tem registado uma tendência positiva nos primeiros três meses do ano. O crescimento foi generalizado em todas as linhas de atividade, nomeadamente no número de dias de Internamento, consultas externas, sessões de Hospital de Dia e serviço de Urgência.

O crescimento mais significativo registou-se na atividade de Hospital de Dia, em que houve um aumento de sessões realizadas de 97 por cento, graças ao início da atividade do Serviço de Oncologia nesta unidade.

Também o Serviço de Urgência Básico registou, no primeiro trimestre de 2018, um crescimento de 17,4 por cento face ao trimestre homólogo de 2017, sendo de assinalar a taxa de cumprimento dos tempos de espera de acordo com a triagem de Manchester, que praticamente atingiu os 80 por cento.

 

Foto: DR


Concelhos - Abril 25, 2018

Relacionados