Concelhos

Queixas nos hospitais públicos de Entre Douro e Vouga caem 9,9%

pub

As reclamações aos serviços de saúde do Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (CHEDV), que agrega os hospitais de Santa Maria da Feira, São João da Madeira e Oliveira de Azeméis, caíram 9,9 por cento em relação a 2016.
Entre as principais exposições dos utentes estão as reclamações relacionadas com o atendimento, que têm vindo a diminuir registando-se em 2017 e face ao ano anterior, menos 63 por cento de reclamações relativas ao Hospital de São João da Madeira e menos 39 por cento de reclamações sobre o atendimento no serviço de Urgência de Oliveira de Azeméis.
Também no Serviço de Urgência do Hospital de S. Sebastião, em Santa Maria da Feira se registou uma diminuição de 27% no número de reclamações relativas ao atendimento.
Estes hospitais receberam 190 elogios no ano passado, o que corresponde a um aumento de 18 por cento face ao ano anterior e ao valor mais elevado de elogios registados desde 2004, momento que se de deu início ao registo deste tipo de exposições dos utentes no CHEDV.
Para Miguel Paiva, presidente do Conselho de Administração do CHEDV, estes resultados “são mérito exclusivo dos profissionais, que se têm empenhado em disponibilizar um atendimento cada vez mais eficaz e humanizado”.
Esta tendência constante desde 2015, de redução das reclamações e aumento dos elogios em simultâneo mostra que o trabalho e a dedicação dos profissionais “vale a pena e é apreciada pelos utentes”, sublinha Miguel Paiva.


Concelhos - Abril 23, 2018

Relacionados